Alem do que se vê

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

"Muitas vezes a gente não entende por qual motivo determinada coisa acontece. Nos sentimos perseguidos, infelizes, azarados ou frágeis. Mas tudo, tudo mesmo, tem uma explicação. Pode ser que hoje nossos olhos não enxerguem, mas mais pra frente tudo fica nítido. É só esperar e acreditar que tudo se desenrola e fica bem."
Clarissa Corrêa



Nenhum comentário:

Postar um comentário