Alem do que se vê

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

"Você é aquilo que ninguém vê.
Uma coleção de histórias, estórias, memórias, dores, delícias, pecados, bondades, tragédias, sucessos, sentimentos e pensamentos.
Se definir é se limitar.
Você é um eterno parênteses em aberto, enquanto sua eternidade durar."

#Machado de Assis

Nenhum comentário:

Postar um comentário