Alem do que se vê

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Quem sou além daquela que quero ser?


Pura, sábia e de espírito em paz
Justa
, mesmo que por um instante,
Forte, mesmo sem músculos,
E corajosa suficiente para dizer “tenho medo”

Mas quem sou eu além daquela que aqui está?
Sou várias, menos esta.
O que aqui estava, jamais está
E jamais estará
Sou eu o que fui e cada vez mais o que quero ser
Mudo, caio, ergo, sumo, apareço, bato, apanho, odeio, amo…
Mas no momento seguinte será diferente
Posso estar no caminho da perfeição
Cheio de imperfeições
Sou o que você vê…
Ou o que quero mostrar.
Mas se olhar por mais de um segundo,
Verá vários “eus”,
Eu o que fui, eu o que sou e eu o que serei.

Christian Gurtner....

6 comentários:

  1. Adorei o texto.
    Somos vários eus mesmo, em constante mutações...



    Bjokas!

    ResponderExcluir
  2. Oi Priscila!
    Obrigada pelo selinho! Adorei!

    irei posta-lo na proxima postagem!

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Ahh adorei o post
    gostei do blog tbm :D
    to seguindo flor!
    bjins'

    ResponderExcluir
  4. Oi Kamila obrigada...seguindo vc tb♥ bijinhos

    ResponderExcluir
  5. Oi linda! obrigada por me seguir, vou ficar por aqui também,gostei muito daqui...
    ;)

    beijos meus

    ResponderExcluir